Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

Métodos de depilação facial - Buço

Apesar de actualmente a preocupação com a imagem ser um imperativo no nosso quotidiano, a verdade é que a depilação, com fins estéticos ou de higiene, já é bastante antiga, aliás, estima-se que já se realiza há mais de 3000 anos.

 

Acompanhando a evolução da sociedade e das novas tecnologias, novos métodos de depilação vão sendo descobertos e implementados, de forma a responder a um vasto número de necessidades que cada pele exige, tornando-se mais seguras e eficazes.

 

Para cada zona do rosto existem métodos diferentes de depilação. Portanto, antes da próxima ida à esteticista, saiba neste post quais os diferentes tipos de depilação, os benefícios para a sua pele e qual o que mais lhe agrada.

 

Creme depilatório

O preço baixo, o fácil acesso e o facto de não necessitar de acompanhamento profissional, são algumas das vantagens que levam muitas mulheres a recorrerem a este método. Porém, como em tudo, este método apresenta algumas desvantagens, como é o caso da sua reduzida duração, semelhantes ao da lâmina, visto que o crescimento do pêlo é interrompido apenas à superfície e cresce em menos de uma semana, o que obriga a repetições constantes.

 

Este método de depilação não tem nenhuma contraindicação, excepto as pessoas que têm alergia a algum dos componentes da cera ou que tenham pele sensível. Neste último caso, o ideal será reduzir o tempo de aplicação sugerido na embalagem, evitando assim sintomas como ardor ou comichão, que podem originar eczemas alérgicos ou irritativo.

 

 

Cera

Este método apesar de não ser definitivo é duradouro, porém, todas as adolescentes que estejam a realizar tratamento à acne não devem optar por este método. Nestas situações, é necessário um maior cuidado com os lábios superiores, uma vez que esse tipo de medicamentos faz com que a pele, em contacto com a cera, tenha uma reacção exagerada que pode resultar na queda do pêlo.

 

Caso tenha a pele sensível, antes de depilar a zona, teste a temperatura, pois o facto de a cera estar exageradamente quente, aumenta o risco de queimaduras e vasodilatação.

 

 

Laser

A principal vantagem é, sem qualquer margem de dúvida, ser definitiva, mas em contrapartida, as suas principais desvantagens são o seu preço (custando cerca de 20€ a 30€ por sessão) e a duração do tratamento, uma vez que as sessões são marcadas com um intervalo de três semanas a um mês. Devido à luz não chegar à raíz de alguns pêlos, o tratamento pode não alcançar o resultado desejado.

 

Este método não pode ser adoptado por pessoas com pele bronzeada, pessoas que apresentem mínimo contraste entre a pele e o pêlo e quem está a tomar medicação fotossensibilizante. Alguns riscos associados à fotodepilação são as queimaduras cutâneas em peles bronzeadas pelo sol e a despigmentação das zonas tratadas.

3 comentários

Comentar post