Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

A escolha certa- A base

O uso da maquilhagem dá aquele toque perfeito ou aquele toque final de pele de porcelana, que faz toda a diferença no resultado de toda a maquilhagem, porém se escolheres um tom mais escuro do que a tua pele tende a envelhecer ou se escolheres um tom mais claro confere a um aspecto demasiado artificial. A cor a escolher deverá coincidir com a cor do teu pescoço, de modo a que a sua aplicação não tenha de ser feita em toda a área, já que isso acarreta o risco de poder manchar a roupa!

 

Como aplicar a base:

 

Antes de iniciar o processo de maquilhagem, deves de esfoliar a cara e depois hidratar. Depois de esfoliar e hidratar a cara, inicia-se o processo de maquilhagem, por isso deves de aplicar a base sempre a partir do centro da cara em direcção para o exterior, sem esquecer da zona das orelhas e dos olhos, com a ajuda dum pincel para o rosto para não ficar com um aspecto de máscara e a pele ficar sem manchar, nem zonas mais carregadas ou pouco naturais, aplicando em quantidade certa. Ás vezes convém usar um iluminador-corrector (disponível na Sephora ou em outras lojas de maquilhagem ou produtos cosméticos). Aplica primeiro na zona das maçãs do rosto, nas abas do nariz, entre as sobrancelhas, no centro do queixo e em pontos mais escuros que queiras iluminar. Depois aplica a base no resto da cara , esbatendo a zona corrigida, mas nem sem cobrir o iluminador.

 

Tipos de base:

 

 

Em creme: Indicada para as peles secas, já que contém bastantes agentes hidratantes.

Líquida: Ideal para peles oleosas ou mistas, apesar de também ser usada em peles secas;

Em pó: Apesar de poder ser usada em todo o tipo de pele, é adequada para as peles oleosas;

Mista/Mousse: Uma textura meio creme, meio pó que pode ser utilizada com bons resultados num rosto previamente hidratado;

Em stick: É inovadora e é melhor opção para as peles oleosas, não sendo muito aconselhável quando há secura, uma vez que marca muito as rugas;

 

 

Erros a evitar:

 

  • Escolher mal o tom;
  • Esfregar energeticamente;
  • Usar demasiado a base, pois causa danos à pele;
  • Aplicar outra camada de base, quando a primeira está mal. Para este problema é preferível lavar a cara e começar tudo de novo ou então passar um lenço onde há excessos de base;

 

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/2