Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

Qual a diferença entre saúde mental e saúde emocional?

Muitas vezes ouvimos a expressão "corpo são, mente sã" quando se fala de saúde, e esta afirmação não podia estar mais certa. Mas, quando se fala em mente, muitos não conseguem dissociar a saúde mental da saúde emocional.

 

Apesar de não ser especialista na área, baseei-me num artigo do professor Alessandro Baitello, Hipnólogo Clínico, onde explica as principais diferentes entre a saúde mental e a saúde emocional.

Qual a diferença entre saúde mental e saúde emocional? | Moda & Style

Saúde mental x Saúde emocional

De acordo com o especialista, saúde mental é quando um indivíduo aceita de forma natural as dificuldades e exigências da vida, sabendo gerir as suas emoções, sejam elas boas ou más; reconhece as suas limitações e sabe quando necessita de ajuda por parte de outros para resolver alguns dos seus problemas. Envolve, sobretudo, reações químicas cerebrais.

 

Assim, a saúde mental está relacionada com o funcionamento do cérebro, sendo, por isso, os psicólogos e os psiquiatras os profissionais adequados a tratar dos problemas relacionados com a saúde mental.

Qual a diferença entre saúde mental e saúde emocional? | Moda & Style

Por outro lado, a saúde emocional está relacionada com o modo como se lidam com os sentimentos e saber superar os momentos mais negativos. Quando esta parte da saúde não está bem, isso se reflete no modo como se vivem as relações com outras pessoas. Consegue ser mais facilmente percebida pelas outras pessoas.

 

Saúde mental e saúde emocional interligadas

A saúde mental e a saúde emocional estão, de certo modo, interligadas, já que influenciam diretamente uma com a outra, isto é, uma pode levar ao declínio da outra. Exemplo disso é uma pessoa que apresenta um quadro de depressão, que vê a sua saúde emocional igualmente afetada, interferindo na sua relação com as outras pessoas e da perceção que tem de si mesma.

Qual a diferença entre saúde mental e saúde emocional? | Moda & Style

Como solucionar os problemas?

Esperar que os problemas se resolvam os que as soluções apreçam subitamente não é, de todo, opções a considerar. Com o desenvolvimento das tecnologias, surge uma nova forma de enfrentar os problemas: a online therapy, ou, em bom português, a terapia online.

 

Existem muitos tipos de terapias alternativas para quem procura a resolução dos seus problemas emocionais e, online, já vão existindo maneiras de o fazer. Por exemplo, através de aplicações que permitem falar com um terapeuta.

Qual a diferença entre saúde mental e saúde emocional? | Moda & Style

Assim nasceu a Talkspace. Baseada em Nova Iorque, nos Estados Unidos, esta aplicação de terapia online surge com o propósito de promover a boa saúde mental entre os cibernautas. Como? Através de terapeutas disponíveis para falar e ajudar a resolver os problemas através da Internet.

 

Ao utilizar a aplicação, os utilizadores têm os seus dados e identidade protegidos, tal como se de um consultório físico se tratasse. Assim que alguém se inscreve, responde a algumas questões com o propósito de encontrar o especialista mais indicado para resolver as questões com as quais se depara, sendo, a partir desse momento, o especialista que irá conduzir todo o tratamento e processo.

Qual a diferença entre saúde mental e saúde emocional? | Moda & Style

À semelhança desta aplicação, existem outras tantas por explorar, contudo, nada invalida procurar e consultar um profissional de saúde capaz de prescrever um tratamento terapêutico à base de medicamentos quando necessário.

Get Her Look - Diane Kruger

O frio e a chuva, ao que parece, vieram para ficar. Por isso, nada como inspirar no estilo as celebridades para, uma vez mais, enfrentar as más condições climatéricas.

 

Assim sendo, tomei como inspiração a atriz alemã Diane Kruger, aproveitando um look composto mas descontraído, uma combinação perfeita para mais uma semana de trabalho.

Get Her Look - Diane Kruger | Moda & Style

1. Mango  2. Benetton  3. Mango  4. H&M  5. Zara  6. Parfois  7. Accessorize

 

A juntar às peças básicas como as calças chino e a camisola de malha canelada, nada como peças marcantes e que se destacam pela diferença, como é o caso do blazer ao xadrez e a mala azul com tachas.

Como melhorar a autoestima em 5 passos

Atualmente, e muito por conta dos padrões de beleza impostos pela sociedade, muitos são aqueles que dão por si insatisfeitos com a sua imagem ou identidade, afetando, por isso, outras áreas da vida pessoal.

Como melhorar a autoestima em 5 passos | Moda & Style

Apesar de não parecer, a falta de autoestima prejudica, por exemplo, a produtividade no trabalho ou a forma como se enfrentam os diversos desafios profissionais. Além disso, a falta de ou a baixa autoestima afetam os relacionamentos pessoais, levando, em grande parte dos casos, a quadros de depressão.

 

Deste modo, decidi explorar um pouco melhor este tema, afinal, todos já nos sentimos insatisfeitos, nem que fosse uma só vez, com a nossa imagem ou identidade. Assim, tentei reunir neste artigo as melhores dicas para ajudar aqueles que estão a passar por um momento mais vulnerável. Contudo, nada como consultar um profissional da área da psicologia para ajudar a resolver questões mais profundas.

Como melhorar a autoestima em 5 passos | Moda & Style

1 – Autoconhecimento

No meio de tantos afazeres profissionais e pessoais é normal perder-se a noção das qualidades e defeitos que cada um de nós possui. Por isso, é importante autoconhecer-se, isto é, listar as qualidades e defeitos, aceitando e trabalhando cada um deles. Afinal, ninguém é perfeito! 

 

2 – Espalhar frases motivacionais

Uma vez mais, por conta do stress e agitação quotidiana, acabamo-nos por esquecer do quão importante é sermos positivos. Por isso, a nossa aposta bónus para este tema passa por imprimir e espalhar frases motivacionais no local de trabalho e pela casa.

Como melhorar a autoestima em 5 passos | Moda & Style

3 – Praticar atividade física

Já são conhecidas algumas das inúmeras vantagens que a atividade física tem no corpo humano, contudo, nunca é demais resumi-las e relembra-las. Além de trazer benefícios em termos cardíacos e respiratórios, a prática de exercício físico ajuda a fazer uma boa manutenção do peso e a libertar várias hormonas associadas ao bem-estar, dois grandes aliados para proporcionar um aumento na autoestima de forma incrível e mais ou menos prolongada.

Como melhorar a autoestima em 5 passos | Moda & Style

4 – Apostar na imagem

Neste ponto, é importante focar o quão importante é apostar na sua imagem. Não por imposição da sociedade ou com a finalidade de seguir padrões de beleza, mas sim de se sentir bem consigo mesma. Usar a sua roupa preferida ou despender de alguns minutos logo pela manhã a maquilhar-se são dois dos muitos passos que pode seguir para ficar satisfeita com o vê ao espelho, refletindo-se na sua forma de estar e agir nas mais diversas situações ao longo do dia.

 

5 – Fazer um diário positivo

Um diário é visto como um livro dos desabafos, por isso, por que não fazê-lo com coisas só positivas? Podem ser acontecimentos ou metas alcançadas, desde que sejam marcos positivos!

 

Apesar de simples, estas são algumas dicas que, quando aplicadas, poderão ajudar a melhorar a autoestima, o que se refletirá no modo como se vê e enfrenta a vida.

Pág. 3/3