Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Moda & Style

por Joana Freitas

Moda & Style

por Joana Freitas

Restauração de móveis

As férias são qualquer coisa de espectacular, não só para desfrutar de bom tempo para apanhar raios de sol e bronzear, mas também para praticar algumas atividades que gostamos muito, tal como vou partilhar convosco hoje o que andei a fazer parte das minhas férias.

 

Juntei o útil ao agradável: aqui em casa existiam três mesas de suporte decorativas que precisavam de ser remodeladas, isto porque se encontravam em mau estado e numa cor pesada, pelo que andei a procurar maneiras de as restaurar. Após uma breve pesquisa pela Internet, bem como recomendações por parte de quem é mais experiente, optei por manter a estrutura e estilo original, potencializando apenas a sua cor.

O antes de uma das mesas

 

Haviam algumas coisas que não conseguia reaparar: defeitos na montagem das mesas, cantos esfarelados e pequenos buracos nos pés das mesas, mas, com o intuito de minimizar e tentar disfaçar todas esses defeitos, comecei por lixar as mesas (é importante lixar muito bem para preparar a madeira para receber o primário/cor), ou seja, comecei pelo passo básico na restauração de movéis. Existem lixas de várias grossuras, pelo que cada um deve ver qual a melhor se adapta ao tipo de madeira/trabalho ou tentar informar-se junto de quem sabe. Dei uma apertadela em alguns parafusos que estavam já soltos e preguei outros para reforçar o apoio que estas mesas dão.

Após lixar muito bem a superfície antes de ser submetida a pintura, há que tirar todos os restinhos de pó com a ajuda de um píncel, para que não hajam irregularidades ou imprecisões na aplicação da tinta. Por fim, caso pintem o móvel em questão, há que aplicar um primário próprio para madeiras (ou universal) antes para potencializar a cor e garantir que a mesma se fixe, passando depois as camadas que se desejar de tinta (pelo menos duas de mão é necessário dar). Neste caso, como cá em casa queríamos manter a linha rústica dos móveis, para melhor se enquadrar na sala, optamos então por passar cera para móveis: dá um toque acetinado, novo e muito bonito. Depois foi só repetir todo o processo nas restantes mesas.

Após três dias de trabalho (optei por deixar secar as mesas 24h, para ter a certeza que o produto era bem absorvido), as mesas ficaram prontas e lindas, ao que o resultado está à vista. Elas ficaram à beira da lareira (só estão fora de sítio para vos mostrar como ficaram), com o intuito de fazer de suporte ao candeeiro, ao que juntei também alguns livros só para dar aquele ar mais acolhedor e decorativo àquele cantinho.

2 comentários

Comentar post